Marcha do Povo pelo Clima, neste domingo em Nova Iorque. Previstas mais de 1 milhão de pessoas.

(Participe da pesquisa de opinião sobre este post, logo em seguida a ele.)

“É um caso exemplar de mobilização da sociedade para impor-se em relação a um tema claro e decisivo.”

Tenho insistido neste blog sobre a necessidade da sociedade exercer o controle e, mais do que isto, subordinar a si o estado. Pode parecer uma afirmativa um tanto vaga, mas não é. Não é vaga, é possível e enquanto não ocorrer, o sistema de representação jamais cumprirá o seu papel democrático.

Veja só como a Marcha do Povo pelo Clima está sendo organizada. E trata-se de um evento gigantesco. Mais de 1.000 organizações uniram-se para promover a marcha no próximo domingo, abrangendo grupos locais da região de Nova York e de outras comunidades, ONGs internacionais, redes de base, empresas, sindicatos, grupos religiosos, iniciativas visando a preservação ambiental, escolas, ações por justiça social e mais. Veja aqui a lista de organizações participantes.

O objetivo é produzir a maior mobilização de massas já havida sobre o tema e levar os participantes da reunião da ONU sobre o clima, 2 dias depois, a agir decisivamente em prol do planeta.

A coordenação do evento explica como estão se organizando:

Como este este é um momento de “movimento dos movimentos”, a Marcha do Povo pelo Clima está sendo organizada de forma participativa e aberta. Isso significa que não existe um corpo central para a “tomada de decisões” nem tampouco uma coalizão única. Em vez disso, grupos e indivíduos estão colaborando a partir de alguns acordos básicos compartilhados como respeito, colaboração, confiança, e muitos estão utilizando os Princípios Jemez de Justiça Ambiental (pertinência, a partir da base, expressão individual, solidariedade e mutualidade, relacionamento justo, auto desenvolvimento).

A marcha de setembro vai ser um sucesso por causa do trabalho que todos nós fazemos juntos – não por causa de qualquer pessoa ou organização. Aproveite a iniciativa para organizar a sua comunidade, sua escola, seu local de trabalho, e os seus vizinhos. E descubra aqui como você pode ajudar, ou descubra aqui como sua organização pode apoiar a Marcha do Povo pelo Clima.

E não se trata de uma organização amadora. Muito pelo contrário. Tem uma sede ampla e bem montada no centro de Nova Iorque, dispõe dos recursos materiais necessários e conta com pessoas da melhor qualidade e com grande capacidade de organização.

E, não são ingênuos. Sabem muito bem das forças nocivas que influenciam e orientam a ONU. Mas sabem também que tais forças podem ser contidas e anuladas, especialmente na questão climática, numa longa batalha, é verdade, que exige continuidade e persistência.

É um caso exemplar de mobilização da sociedade para impor-se em relação a um tema claro e decisivo.

Por aqui, tivemos um acontecimento ainda mais expressivo representado pelas manifestações de junho de 2013 por todo o país, ainda sem desdobramento visível. Enquanto isto, infelizmente, um contraexemplo prospera. É o do movimento Plebiscito Constituinte. Neste caso, a sociedade mobiliza-se para transferir para terceiros o direito de decisão, produzindo, numa constituinte, a mesma impossibilidade do sistema atual, onde os representantes mesmo que quisessem, e não querem, não têm como, pela variedade e complexidade dos temas, expressar a vontade dos que os escolheram.

Anúncios

Uma resposta to “Marcha do Povo pelo Clima, neste domingo em Nova Iorque. Previstas mais de 1 milhão de pessoas.”

  1. Christopher Says:

    Utilize preferencialmente a central de comentários, no menu principal.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: