“O olho do furacão”: uma visão recente dos EUA.

Woodbury outlet

No centro das práticas insustentáveis e facilmente observável está o consumismo desenfreado. A febre por carros novos e a ânsia por comida, práticas mencionadas anteriormente, são apenas facetas deste mal maior.

Vá a um dos inúmeros shopping centers, ou, melhor ainda, outlets, nos subúrbios e você verá moradores de origem latina e asiática, principalmente, comprando vorazmente aproveitando os preços “baixos” para terem produtos que passam a ser indispensáveis.

E, nas grandes cidades, massa de consumidores também latinos e asiáticos além dos do próprio EUA ocupando as ruas e lojas na procura pelas melhores ofertas.

Este ano, a famosa “black Friday” foi antecipada para o próprio “thanks giving day” que ocorre no dia anterior e é (ou era) uma celebração das mais tradicionais no país. E lá se vão os salários e ganhos da população obtidos em atividades desvalorizadas e ligadas cada vez mais ao setor de serviços (saúde, vendas, telemarketing, etc.).

Entre os inúmeros males que gera, além do descarte de embalagens e de produtos em uso, a irônica piora na qualidade de vida dos que participam desta “roda viva”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: