Comentários sobre a Pesquisa anterior

Dame el votophoto © 2010 Daniel Lobo | more info (via: Wylio)

Acho que a pesquisa feita na semana anterior mostrou-se um instrumento válido. No espaço de uma semana desde a publicação foram 21 respostas, num universo de 184 acessos.  Dos 21 que responderam, 15 indicaram que não acreditam que as pessoas mudarão seus hábitos independentemente das demais. O computo das respostas por quesito  pode ser visto  optando por “Pesquisas” no item  “Posts por Assunto”  no lado direito.

Pode parecer um número pequeno de respostas, leitor, mas indica que é possível que este blog venha a se tornar, além de informativo, um local de discussão sobre a Nova Economia. É o meu sonho. Vejo que tal participação ocorre e de forma empolgante, em alguns outros blogs e sites, mas sei que não é fácil chegar lá. Devagar, chegaremos lá também.

Com o bom resultado, vou continuar com nova pesquisa por semana. Se você tiver alguma pesquisa a fazer, apresente-a num comentário e a incluirei na semana aonde caiba. Além disto, se puder, responda, comente. Sei que comentar exige um razoável trabalho, mas a importância do tema e possibilidade de vir a ser parte de um grupo com o mesmo propósito, pode lhe dar um certo impulso.

Bem, vou parar por aqui para não sobrepor dois assuntos, e este é muito importante.

Fica para o próximo post minha explicação à discordância quanto aos principais conceitos sintetizados no termo consumismo.

E, deixo-os com a pesquisa desta semana e que é decorrente do resultado da primeira. Noto que, a partir de agora, no próprio espaço da pergunta, você, leitor, poderá verificar como está indo a votação.

Anúncios
Publicado em Pesquisas. Tags: . 2 Comments »

2 Respostas to “Comentários sobre a Pesquisa anterior”

  1. Christopher Says:

    Os comentários são centralizados no último post publicado.

  2. Christopher Says:

    Resposta ao comentário de Paulo Garcia de Souza feito no post “As limitações do PIB como indicador”.

    Vale a pena ver o vídeo. Evidentemente que as indústrias estão longe de admitir a necessidade ou inevitabilidade de uma Nova Economia, mas o vídeo ilustra bem muitos dos aspectos aqui discutidos.


Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: